Conselho Pontifício para a Família: Eutanásia

Ignacio Carrasco de Paula

Doutor em filosofia. Laureado em medicina e cirurgia. Professor de bioética na Faculdade de Medicina e Cirurgia A. Gemelli e diretor do Instituto de Bioética da Universidade Católica do Sagrado Coração. Várias publicações.

[Resumo]

Hoje, eutanásia não indica somente um luta contra a dor com meios paliativos, mas o ato de matar deliberadamente para pôr fim aos sofrimentos, por motivos de piedade. Uma outra “justificação” recorre ao interesse superior do Estado, que teria o poder soberano sobre os corpos dos seus membros que se tornaram inúteis à sociedade. Uma forma especifica da eutanásia é o suicídio assistido, que se está difundindo hoje. O Papa João Paulo II dedica três números da Encíclica Evangelium Vitae (nn. 65-67) ao tema. Uma mentalidade fechada à transcendência sucumbe facilmente à miragem da morte suave, Somente a transcendência, quer dizer, a abertura ao Deus Criador; dá o sentido pleno à existência. E só em Cristo todas as fases da vida, todas as formas de sofrimento e de morte, acolhidas com confiante obediência, possuem um valor que escapa à competência da criatura.

(Comitês de bioética; Consentimento informa- do; Novo paradigma de saúde; Qualidade de vida; Saúde reprodutiva).

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.