Conclave está previsto para ter início entre 15 e 20 março

ppconclave2Segundo informações do site ACIDIGITAL (14 de fevereiro de 2013), o Decano da Faculdade de Direito Canônico da Pontifícia Universidade Santa Cruz de Roma (Itália), Dr. Luis Navarro, afirmou que “segundo os cálculos, as datas (de início do conclave) seria entre em 15 de março e em 20 de março”.

Para o Dr. Navarro este tempo se ajusta ao estabelecido pelo Papa João Paulo II, na constituição apostólica Universi Dominici Gregis sobre a Sede Vacante da Sé Apostólica e a eleição do Romano Pontífice, na qual assegura que “desde o momento em que a Sé Apostólica ficar legitimamente vacante, os Cardeais eleitores presentes devem esperar, durante quinze dias completos, pelos ausentes; deixo, ademais, ao Colégio dos Cardeais a faculdade de adiar, se houver motivos graves, o início da eleição por mais alguns dias. Transcorridos, porém, no máximo, vinte dias desde o início da Sé vacante, todos os Cardeais eleitores presentes são obrigados a proceder à eleição”. Portanto, “a eleição tem que começar entre o 15 e em 20 de março. Esses são os cálculos. São 15 dias desde que há sede vacante, quer dizer, a partir de 28 de fevereiro”.

Padre Federico Lombardi, Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sede, explicou em conferência de imprensa como será o procedimento logo depois de que em 28 de fevereiro às 20:00h (hora de Roma), quando se inicia o período de Sede Vacante. Também disse que  serão iniciadas as “congregações” dos cardeais em preparação ao conclave, cuja a data ainda não foi definida com exatidão, mas que provavelmente o será nos próximos dias.

ACIDIGITAL explicou também que “as “congregações” são reuniões de cardeais que permitem o intercâmbio de opiniões entre os cardeais sobre os problemas que deverão enfrentar, em relação à situação da Igreja, para que cada eleitor tenha mais critérios de juízo para as votações”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=24864

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.