Comunidade Católica Shalom recebe os Estatutos definitivos da Santa Sé

Além do recebimento do decreto de aprovação definitiva do Estatutos da Associação houve a abertura do Congresso Internacional

Um dia histórico para a Comunidade Católica Shalom. Assim pode ser definida esta sexta-feira, dia 11 de maio, data em que a instituição recebeu das “mãos da Igreja” seus Estatutos definitivos através do Pontifício Conselho para os Leigos – PLC.

Ao discursar no PLC, Moysés Azevedo, Fundador e Moderador geral da Associação relembrou o dia 9 de julho de 1980, dois anos exatos, anterior à fundação da Comunidade. ” Naquele dia, em Fortaleza, na Missa de abertura do Congresso Eucarístico Nacional vivi um encontro indescritível: o encontro de um jovem de vinte anos com  o sucessor de Pedro, o nosso inesquecível Beato João Paulo II”, disse.

Naquela ocasião, Moysés ofertou sua juventude em favor da evangelização dos jovens que estavam mais distantes da Igreja. “Ali, aos pés de Cristo e ao pé do sucessor de Pedro, eu recebi uma graça que eu não poderia prever, e que ainda hoje é muito maior do que nós. Desse encontro resultou em uma graça, que dois anos depois, em julho de 1982, tornou-se a  Comunidade Católica Shalom”, descreveu.

Falando sobre os Estatutos, o Fundador afirmou que o decreto se tratava do fruto de um caminho cuja  fonte bíblica é a narrativa da aparição de Jesus ressuscitado aos Apóstolos situada no Evangelho de João, cap. 20, vers. 19-26. Na ocasião, Azevedo relembrou as palavras recentes de Bento XVI sobre esta passagem bíblica. “É muito importante o que se vê no Evangelho, isto é, que Jesus, aparece aos Apóstolos reunidos em duas aparições no cenáculo e repete várias vezes a saudação ” A paz esteja convosco “. Esta saudação tradicional, com o qual deseja-se o shalom, paz, aqui se torna uma coisa nova, torna-se o dom da paz que só Jesus pode dar, porque é o fruto da sua vitória sobre o mal radical”, comentou.

Congresso Internacional
Durante a tarde, a Basílica de São João de Latrão recebeu os participantes da Convenção Shalom 30 anos para a apresentação dos estatutos definitivos e a missa de abertura do Congresso Internacional, que segue com programação até o próximo domingo (13).

A missa foi celebrada pelo Cardeal Stanislaw Rylko, presidente do Pontifício Conselho para os Leigos. O Prelúdio (preparação à celebração eucarística) foi marcado pela acolhida das relíquias do Beato João Paulo II, que emocionou a todos que lotavam a basílica.

Jovens membros da Comunidade Shalom de vários países tiveram a oportunidade de introduzir as relíquias à basílica e se colocaram diante do “Papa da juventude”, como seu fundador o fizera no advento da comunidade na missa de 9 de julho de 1980. Logo após, foi lido o decreto de aprovação definitiva dos estatutos da Comunidade Católica Shalom, que de forma oficial e jurídica foi acolhida pela Santa Sé na comemoração dos seus 30 anos de ação evangelizadora.

Na homilia, o Cardeal ainda agradeceu, em nome da igreja, à Comunidade Shalom e salientou a importância do serviço da comunidade e de sua doação. “A Igreja conta com a Comunidade Shalom” ,pontuou. “Eu desejo que sejam colaboradores do ministério do Papa na evangelização dos povos. Eis vossa missão na Igreja e no mundo!” continuou a fala do cardeal que finalizou abordando sobre a importância do Reconhecimento Pontifício. “O Reconhecimento Pontifício deve marcar novo ponto de partida para vós. Chegou para voces a Maturidade eclesial”, decretou.

Ao final da celebração, o agradecimento vem da parte de Moysés Azevedo, que dirige ao Cardeal Rylko o agradecimento em nome da Comunidade. Moysés renovou sua promessa diante da igreja. “Não estou aqui sozinho. Somos um povo, famílias, celibatários, sacerdotes e jovens em uma só voz, com esta grande missão de evangelizar o mundo. Obrigado de todo o nosso Coração por sermos filhos da Igreja, queremos servir para sempre a Igreja e a Cristo sendo um só coração”, pronunciou.

A noite prosseguiu com uma pregação do Pe. François-Marie Léthel, um momento de veneração das relíquias do Beato João Paulo II e testemunhos.

Halleluya

O evento que é o maior no Brasil na categoria Festival de artes integradas acontecerá na Praça de Farnese um dos espaços mais movimentados da capital italiana neste sábado dia 12.

A música brasileira dará o tom da festa com a variedade de ritmos. A animação fica por conta da Banda baiana Alto Louvor, o pop da cearense Suely Façanha, o soul pop do mineiro Davidson Silva e a batida eletrizante da Banda Missionário Shalom.

O evento também marca os preparativos dos jovens romanos para a Jornada Mundial da Juventude que acontecerá em julho de 2013 na cidade do Rio de Janeiro.

Mais sobre a Comunidade Shalom

A Comunidade Shalom nasceu aos pés do Papa João Paulo II em sua vinda ao Brasil no ano de 1980, quando o jovem Moysés Azevedo, de joelhos, se apresentou em oferta ao serviço da Igreja, dedicando sua vida à evangelização. Após a bênção nasce a comunidade, a partir de uma lanchonete e que não tardou a crescer, história lembrada pelo Cardeal, que ainda comentou que já havia visitado a comunidade em Fortaleza.

SERVIÇO:

Os eventos são transmitidos via stream de vídeo através do site:
www.comshalom.org30anos

Fonte: www.comshalom.org

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.