Como ser renovado no Espírito Santo?

153-Jeremias-O-Vaso-do-OleiroRecebemos o Espírito Santo no Batismo e na Crisma; mas, muitas vezes Ele ficou sufocado em nós por causa de nossos pecados, vida tíbia, falta de oração, de trabalho apostólico, etc. São Paulo disse que “quem não tem o Espírito de Cristo não é de Cristo” (Rom 8,9). Então, precisamos ser renovados no Espírito Santo, ser “batizados” Nele. Isso não é um novo Batismo e nem nova Crisma, mas deixar que o Espírito Santo – que já está em nós – tome conta de nós, de nosso agir, de nossos pensamentos e de nossas palavras.

Em primeiro lugar é preciso purificar-se. Deus não ocupa, nem usa, vasos sujos. O Espírito Santo ocupa qualquer coração, menos o coração cheio de pecado; porque Ele é Santo. É preciso renunciar com toda a vontade o pecado: soberba, orgulho, vaidade, ganância, ambição, sexualismo, luxúria, adultério, pornografia, homossexualidade, gula, bebedeiras, orgias, raiva, ódios, ciúmes, revoltas, ressentimentos, vinganças, lamúrias, blasfemações, palavrões, horóscopos, magias, superstições, necromancia (consulta aos mortos), cartomancia, quiromancia (leitura das mãos), inveja, preguiça, etc.,etc.,etc…

descera_sobre_vos_espirito_santoLimpar a casa e perfumá-la, para que o Senhor da glória seja então recebido. Faça a sua Confissão!

A segunda exigência para ser renovado no Espírito Santo, é perdoar a todos. A única exigência que Deus nos impõe para nos perdoar – qualquer que seja o nosso pecado – é que estejamos arrependidos e que perdoemos os que nos ofenderam.

“Se perdoardes aos homens os seus delitos também o vosso Pai celeste vos perdoará; mas, se não perdoardes aos homens, o vosso Pai também não perdoará os vossos delitos” (Mt 6,14). Essas palavras de Jesus são claras demais!

Na “grande oração”, o Pai-Nosso, Ele nos ensinou a dizer: “perdoai as nossas ofensas assim como perdoamos aqueles que nos ofenderam”. Quando Pedro lhe perguntou “quantas vezes devo perdoar o meu irmão, sete vezes?”, Ele respondeu: não apenas sete vezes, mas setenta vezes sete; isto é, sempre.

Leia também: Quem é o Espírito Santo?

Os frutos do Espírito Santo

Espírito Santo, alma da Igreja

Os Sete dons do Espírito Santo

Crisma – Ser renovado o Espírito Santo

Quem não perdoa não é perdoado por Deus, e não pode ser repleto do seu Santo Espírito. Nem sempre é fácil perdoar; mas, quanto mais difícil for, mais agradará a Deus e maior será o nosso mérito.

Em terceiro lugar, é preciso querer fazer a vontade de Deus em nossa vida, e querer ser testemunha de Jesus. Queira isto com todo o coração. O Espírito Santo não vem a nós, para o nosso deleite e bem estar. Ele vem a nós para que, por Ele, possamos renunciar a nossa vontade e fazer a vontade de Deus.

os_sete_sacramentosEm quarto lugar, pedir o Espírito Santo com fé. Deus quer nos dar este grande dom, muito mais do que nós queremos recebê-lo. E o grande segredo é pedir, e pedir por intercessão de Nossa Senhora. Ela é a sua Esposa, inseparável. Diga, como ela mesma ensinou-nos: “Vinde Espírito Santo, vinde pela intercessão poderosa do Imaculado Coração de Maria vossa amadíssima esposa”. Repita muitas vezes esta oração que Ela mesma ensinou ao padre Stefano Gobbi, do Movimento Sacerdotal Mariano.

Jesus deixou claro que o Pai celeste dará o Espírito Santo “àqueles que o pedirem” (Lc 11,13).

Depois disso agradeça a Deus pelo Espírito Santo presente em sua alma. Nem sempre essa será uma experiência sensível, mas será sempre uma experiência de fé.

No dia de Pentecostes, São Pedro disse que essa graça era “para todos”, não só para eles, os Apóstolos. “A Promessa é, de fato, para nós, assim como para os vossos filhos e para todos aqueles que estão longe, todos quantos foram chamados por Deus nosso Senhor” (At 2,38-39).

 Prof. Felipe Aquino

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.