Como, onde e quando proclamar o Evangelho

Bispo de Zrenjanin, na Sérvia, se pronuncia na 17ª congregação geral do sínodo

Cidade do Vaticano, terça-feira, 23 de outubro de 2012 (ZENIT) – Reproduzimos abaixo as palavras de dom Ladislav Nemet, SVD, bispo de Zrenjanin, na Sérvia, durante a 17ª congregação geral do sínodo dos bispos, ocorrida em 19 de outubro de 2012.

1. O Evangelho proclamado.

O Evangelho que deveria ser transmitido acende a esperança, porque encerra em si a promessa da vida eterna. Tem um conteúdo claro: o conhecimento de Deus, que se manifestouem Jesus Cristo. É um Evangelho de santificação.

2. O mundo em que o Evangelho é proclamado.

O mundo é criação de Deus. A nossa história e cultura se inscrevem na história salvífica de Deus. Precisamos entrar em diálogo com o mundo: com os homens de hoje. A evangelização na Igreja das origens sempre andou de mãos dadas com a procura das sementes da Palavra de Deus na cultura do presente.

3. Os lugares em que o Evangelho é proclamado.

A paróquia, ou comunidade eclesial, é o primeiro lugar da evangelização. Observamos também as fortes mudanças que acontecem nas paróquias, que se tornam cada vez maiores. Portanto, a nova evangelização deveria inaugurar caminhos e lugares de diálogo onde não existe contato com a paróquia nem com a pequena comunidade cristã.

4. Os homens que proclamam o Evangelho.

A família é um lugar privilegiado da transmissão da fé. Porém, não podemos deixar de notar que muitas uniões fracassam, e, assim, as famílias se rompem. É importante, para os países aqui representados pelos bispos do nosso círculo, que o contato ecumênico seja cultivado.

Dom Ladislav Nemet, S.V.D.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.