Com São João Paulo II e São João XXIII a Igreja conta agora com 80 Papas santos

Diliff_CC_BY-SA_3_0O site ACI informou nesta segunda-feira (29/04/14), que a partir do último domingo, 27, depois da canonização de João Paulo II e João XXIII, a Igreja universal conta com 80 Papas santos.

Nos nove primeiros séculos da história, há mais Papas santos (73) que aqueles que não foram canonizados (36) e, concretamente, até o Papa romano Liberio (352-366), sem incluir-se este, todos os Papas são santos, segundo a lista publicada pela Conferência Episcopal Espanhola (CEE).

O primeiro santo é São Pedro, da Galileia (Israel), e a ele seguem São Lino (Itália), Santo Anacleto (Itália), São Clemente (Itália), Santo Evaristo (Grécia), Santo Alexandre I (Itália), São Sisto I (Itália), São Telésforo (Grécia), Santo Higino (Grécia) e São Pio I (Itália).

Do século II em adiante se destacam alguns Papas santos originários de países diferentes da Itália ou Grécia, como Santo Aniceto, da Síria, que foi Pontífice ao redor do ano 160; São Melquíades, da África, que ocupou o trono de Pedro entre 311 e 314; São Gelásio I, também procedente da África, que foi Papa desde 492 até 496; Sérgio I e Gregório III, ambos da Síria; e Leão IX, da França.

Pelo contrário, a partir da segunda metade do século IX -concretamente a partir final do Pontificado do Papa Adriano III de Roma (884-885) -e até a atualidade, quer dizer, durante os últimos dez séculos da história, há apenas cinco Papas santos, a estes se juntaram no último domingo João XXIII e João Paulo II.

Entre os Papas que foram beatificados encontram-se os italianos Víctor III (1086-1087), Eugênio III (1145-1153), Gregório X (1271-1276), Bento XI (1303-1304), Inocêncio XI (1676-1689), Pio IX (1846-1878); os franceses Urbano II (1088-1099) e Urbano V (1362-1370); e Inocêncio V de Saboya (1276).

Fonte:http://www.acidigital.com/noticias/com-sao-joao-paulo-ii-e-sao-joao-xxiii-a-igreja-conta-agora-com-80-papas-santos-19817/

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.