CNBB convoca Vigília Nacional de Oração pela Vida

BRASILIA, 08 Abr. 12 / 12:12 pm (ACI) Após seguidas manifestações de bispos brasileiros contra a aprovação do aborto de fetos portadores de meroencefalia (meros = parte), comumente denominados anencefálicos, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) convoca todas as dioceses e arquidioceses do país para se unirem em vigília de oração em defesa da vida, contra a legalização do aborto das crianças portadoras desta deficiência. A convocação foi feita no último sábado por meio de nota assinada pela presidência da CNBB e publicada durante no site oficial da Conferência.

No texto oficial a CNBB afirma que a entidade “jamais deixou de se manifestar como voz autorizada do episcopado brasileiro sobre temas em discussão na sociedade, especialmente para iluminá-la com a luz da fé em Jesus Cristo Ressuscitado, ‘Caminho, Verdade e Vida'” e relembra o conteúdo da nota sobre aborto de feto anencefálico, publicada em 21 de agosto de 2008, na qual a Conferência explica que “os princípios da ‘inviolabilidade do direito à vida’, da ‘dignidade da pessoa humana’ e da promoção do bem de todos, sem qualquer forma de discriminação, (cf. art. 5°, caput; 1°, III e 3°, IV, da Constituição Federal) referem-se também aos fetos anencefálicos”. E prossegue lembrando o caso emblemático da menina Marcela de Jesus Galante Ferreira, diagnosticada com anencefalia, que viveu no Estado de São Paulo por um ano e oito meses.

Defendendo o direito à vida, a presidência da CNBB solicita que todos os bispos do país “promovam em suas arquidioceses e dioceses, uma Vigília de Oração pela Vida, às vésperas do julgamento pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (dia 10 de abril, terça-feira) sobre a possibilidade legal do aborto de fetos com meroencefalia (meros = parte), comumente denominados anencefálicos”, de acordo com a nota.

“Informa-se que a data do julgamento da ADPF Nº 54/2004 será DIA 11 DE ABRIL DE 2012, quarta feira da 1ª Semana da Páscoa, em sessão extraordinária, a partir das 09 horas”.

“Com renovada estima em Jesus Cristo, nosso Mestre Vencedor da morte, agradecemos aos irmãos de ministério em favor dos mais frágeis e indefesos”, conclui a nota assinada pelo Cardeal Raymundo Damasceno (Arcebispo de Aparecida), presidente da CNBB; por Dom José Belisário da Silva (Arcebispo de São Luís), Vice-presidente da CNBB; e por Dom Leonardo Steiner (bispo auxiliar de Brasília), Secretário geral da Conferência”.

Em Brasília, o movimento Legislação e Vida, cujo presidente é o bispo da diocese de Taubaté (SP), Dom Carmo João Rhodem está organizando uma grande vigília em frente ao Supremo Tribunal Federal e começará às 18h da terça-feira, 10.  O momento de oração em Brasília já está com sua programação definida e espera-se que uma grande quantidade de pessoas participe da vigília na Praça dos Três Poderes que contará com a participação da cantora Elba Ramalho, que apóia o movimento pró-vida no Brasil. A participação no evento é motivada por meio de blogs e das redes sociais como Facebook e Twitter.

Além dos bispos, na semana passada, jovens do grupo promotores da vida de Brasília (DF) e jovens da arquidiocese de São Luís (MA) promoveram manifestações pacíficas com cartazes, faixas, balões vermelhos e distribuição de panfletos para informar a população sobre a anomalia que não se confunde com morte cerebral e que tem mais chances de ser evitada quando a mulher consome ácido fólico, vitamina importante para o desenvolvimento do bebê.

Para ver na íntegra a nota da CNBB da convocação da vigília e a nota sobre aborto de feto anencefálico, publicada em 21 de agosto de 2008, visite:

http://www.cnbb.org.br/site/imprensa/noticias/9005-cnbb-convoca-para-vigilia-de-oracao-pela-vida

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.