CNBB anima progresso da comunicação da Igreja

Documento
lançado antecede diretório da comunicação

BRASÍLIA,
terça-feira, 25 de janeiro de 2011 (ZENIT.org) – A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil)
acaba de lançar um documento de estudo que tem o objetivo de alentar e orientar
o progresso da comunicação da Igreja no país.

Trata-se do
documento “A comunicação na vida e missão da Igreja no Brasil”, publicado pelas
Edições CNBB e a Paulus.

O texto foi
apresentado nessa segunda-feira na seda da CNBB em Brasília, durante o encontro
de coordenadores da Pastoral da Comunicação, evento que decorre até
sexta-feira.

Segundo o
presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Educação, Cultura e
Comunicação Social da CNBB, Dom Orani João Tempesta, o texto tem por objetivo
ser um animador e orientador para o “progresso da comunicação no Brasil”.

“A nossa
intenção, depois de muitas consultas, é que fosse um diretório de animação e
orientação para o progresso da comunicação e uma melhor presença da Igreja na
mídia”, diz Dom Orani, num dos trechos da apresentação do documento

Segundo o
arcebispo, o texto toca, por exemplo, em “questões espinhosas” como a “das
transmissões litúrgicas televisivas e a grande discussão entre o virtual e o
real”.

Em
entrevista à assessoria de imprensa da CNBB, o arcebispo disse que, neste
momento, a ideia é colocar o texto à disposição da Igreja para que seja lido e
aprofundado. Futuramente, o documento será transformado no Diretório de
Comunicação da Igreja no Brasil.

“Depois de
lido e estudado, aguardaremos as sugestões das pessoas, para que façamos as
adaptações necessárias para que o texto chegue a ser o diretório. A etapa agora
é de sugestões”, disse.

“A
comunicação é essencial na vida do ser humano e a Igreja é feita de
comunicação, da boa notícia, da Palavra de Deus, da Catequese, da Liturgia.”

Segundo o
arcebispo, “com as mídias sociais e com a comunicação eletrônica, é importante
que aja orientação, que não corte o entusiasmo, mas que entende bem a
comunicação no Brasil”, afirmou.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.