Chineses que tiveram segundo filho em Hong Kong serão multados

Hong Kong (08-02-2012, Gaudium Press) O diretor do departamento de planejamento familiar da província de Guangdong, na China, Zheng Feng, disse nesta terça-feira, 07, ao jornal local “Zona Especial Shenzhen” que chineses que tiveram um segundo filho em Hong Kong serão multados por infringir a política de filho único.

Conforme o diretor, as multas estão sendo aplicadas assim que os chineses voltam para o país. Zheng Feng não especificou o valor da multa, mas um nota no site do governo de Guangdong afirma que os infratores seriam multados em até seis vezes a renda per capita da cidade de origem.

Ex-colônia britânica, Hong Kong foi em 1997 devolvida à soberania chinesa. Atualmente é considerada uma Região Administrativa Especial, com um elevado grau de autonomia em relação às leis da China. Por isso, tantas mães chinesas viajam até lá para dar à luz. Com este procedimento, esperam também obter direitos de residência em uma das cidades mais ricas do país.

Para se ter uma ideia de como é grande a quantidade mães chines continental que viajam até Hong para ter um filho, estima-se que em 2010, um terço das 88.584 crianças nascidas em Hong Kong eram filhas de chinesas da parte continental. Em 2001, eram apenas 620 bebês. A tentativa de fugir da restrição governamental parecia estar dando certo, já que salas de maternidade em Hong Kong estão agendadas até setembro.

A política do filho único foi introduzida em 1979 com o objetivo de limitar os nascimentos no país, o mais populoso da Terra.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.