Catedral iluminada

Diante da festa milenar do Natal, que celebra a vinda do Salvador, o povo em suas mais variadas culturas foi incrementando essa data com hábitos e costumes, transformando-se hoje em uma festa de tradições e comércio, onde o “Papai Noel” tenta ocupar o lugar do principal homenageado.

O símbolo mais importante que resume todo o segredo do amor de Deus pela humanidade é a bela e simples representação, inventada pelo jovem Francisco de Assis, o Presépio. Ainda que esquecida, a representação visual de meia dúzia de personagens e alguns animais reportam um único fato com o qual o Criador mudou o rumo da história e que ainda hoje pode ser um belo meio de evangelização, não só para as crianças.

Mas para nós, em Maringá, há um símbolo que está diretamente ligado com as festas natalinas. A nossa Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória. Talvez, neste ano, alguns possam dizer: ‘Que pena! Este natal está tão triste porque a catedral não está iluminada’.

Não resta dúvida que se trata da maior marca da nossa cidade e é a maior marca do natal maringaense. Olhar a catedral iluminada remete ao sentimento de paz e alegria, que só a festa do nascimento do Salvador pode provocar.

Mas por causa das obras na praça da igreja, que serão executadas pela prefeitura, este ano a catedral não será iluminada. Por isso, sinto a necessidade de usar este espaço para lembrar de que o mais importante não é a iluminação de um monumento, mas sim a luz que está no nosso interior. Na catedral interna de cada um.

“A cidade não precisa de sol nem de lua para iluminar, porque a glória de Deus a ilumina, e a sua luz é o cordeiro” (Ap.21,23). “Já não haverá noite, nem precisará da luz da lâmpada ou do sol, porque o Senhor Deus a iluminará” (Ap.22,5). A luz a iluminar sempre é Jesus: “Eu sou a luz do mundo, quem me segue não andará nas trevas” (João 8,12). Ninguém pode dizer que a nossa catedral não está iluminada.

Neste ano, se as obras que serão realizadas na praça – e não as que estão sendo realizadas dentro da catedral – impedirão a iluminação artificial do maior símbolo da fé e do povo de Maringá, não significa que o Natal de 2011 será menos Natal.

Em breve, com os projetos executados ao seu redor, a basílica ficará ainda mais bela, e o seu contorno, a imensa praça, será um lindo tapete verde arborizado, proporcionando ambiente de oração, lugar de lazer, espaço de confraternização.

Desconheço no mundo um lugar tão amplo, tão aberto, para evidenciar um templo de concreto armado, onde nós, templos vivos, moradas do Senhor, possamos buscar a luz para caminhar iluminados e iluminar.

Por isso, Natal é deixar a luz de Jesus brilhar em nós. O Natal acontece quando damos conta de que não somos apenas seres vivos colocados no mundo por acaso. O infinito Amor de Deus por nós se fez carne e veio habitar em nós e nos dar a graça de participar da herança eterna, amando como Ele nos amou.

Só o amor de Deus em nós transformará o mundo. Hoje, iniciamos o tempo do Advento, são quatro domingos que nos preparam para a celebração do nascimento de Jesus. Participe das celebrações, faça a novena do natal.

Assim, a luz do Senhor Jesus destruirá as trevas que nos rodeiam e nos fará viver um perene Natal na catedral iluminada.

***
Dom Anuar Battisti
Arcebispo de Maringá – PR

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.