Carta do Papa Bento XVI ao Cardeal Eduardo Martinez Somalo

Ao Venerado
e querido Irmão
Senhor Cardeal EDUARDO MARTÍNEZ SOMALO
Camerlengo da Santa Igreja Romana

No dia
dedicado à solenidade da Anunciação do Senhor, aproximando-se a festa do seu
80º aniversário, Vossa Eminência dirigiu-me uma Carta para me comunicar a
renúncia ao cargo de Camerlengo da Santa Igreja Romana, em observância a quanto
previsto pela Constituição Apostólica Universi
Dominici Gregis
.

Ao aceitar
a sua renúncia a este alto ofício, desejo expressar-lhe o meu profundo
agradecimento pela diligência, competência e amor com que Vossa Eminência
desempenhou esta delicada tarefa, ao serviço da Santa Sé e da Igreja universal.

Enquanto
tenho o prazer de recordar o longo e intenso serviço que vinculou intimamente o
seu ministério sacerdotal e episcopal à Sé Apostólica, desejo manifestar-lhe de
modo particular o meu sincero apreço pela grande dignidade e pela solene
sobriedade com que desempenhou a função de Camerlengo da Santa Igreja Romana,
no momento da piedosa morte do saudoso Papa João Paulo II, por ocasião da extraordinária
demonstração de fé durante o funeral do amado Pontífice, em todo o período da
Sede Vacante e no cumprimento dos trabalhos do Conclave, para a eleição do novo
Papa.

Tendo
chegado à conclusão o seu alto ofício de Camerlengo e outros encargos nos vários
Dicastérios da Cúria Romana, estou certo de que a recordação de todo o bem que
realizou lhe será de conforto e motivo de acção de graças e de louvor ao
Senhor.

Na
iminência das celebrações pascais, é-me grato formular-lhe os jubilosos votos
de todo o bem e prosperidade em
Jesus Cristo, enquanto invoco sobre Vossa Eminência a amorosa
protecção da Bem-Aventurada Virgem Maria e de todos os Santos, acompanhada da
Bênção Apostólica que lhe concedo de coração, Senhor Cardeal, bem como às
pessoas que o circundam com o próprio carinho.

Vaticano, 4
de Abril de 2007.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.