Cardeal Rylko: “Digam para seus amigos que vale a pena!”

Começa o
encontro dos delegados para a JMJ Madri 2011

MADRI,
domingo, 16 de janeiro de 2011 (ZENIT.org) – Responsáveis de 84 países e 57 realidades
eclesiais reuniram-se essa semana em Madri para definir os detalhes da
organização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontece na capital
espanhola, de 16 a
21 de agosto. O encontro foi presidido pelo cardeal arcebispo de Madri, Antonio
Rouco, e pelo cardeal presidente do Conselho Pontifício para os Leigos,
Stanislaw Rylko.

Cerca de
235 delegados dos cinco continentes participaram do encontro de trabalho, que
aconteceu em San Lorenzo
de El Escorial, na serra de Madri, de 12 a 15 de janeiro.

Participaram
também membros do Conselho Pontifício dos Leigos, o “ministério”
vaticano encarregado das Jornadas Mundiais da Juventude, além de representantes
de todas as províncias espanholas.

O
presidente do Conselho, cardeal Rylko, participou da entrevista coletiva de
apresentação do Encontro. Ele destacou que os preparativos entram na “reta
final”, abrindo “uma etapa decisiva no caminho de preparação
espiritual e organizativa-logística da JMJ de Madri 2011”.

A
representante sul-africana, Barbara Koorbanally, narrou várias iniciativas dos
jovens daquele país no tocante à sua preparação para a jornada. Uma réplica da
Cruz dos Jovens, que percorre a Espanha desde setembro de 2009, está visitando
todas as regiões do país africano.

O delegado
brasileiro, Tiago Oliveira, destacou que os jovens do Brasil “veem na
Espanha um país irmão, e isto aumenta o seu entusiasmo”. É esperada a
participação de vinte mil brasileiros.

O
presidente do Comitê Organizador Local da JMJ de Madri, cardeal Antonio Maria
Rouco Varela, está esperançoso de que “o encontro seja vivo, ágil e
dinâmico” e que os representantes tragam “informação de primeira mão
sobre as suas necessidades e expectativas”.

Ao chegar a
Madri, o cardeal Rylko se reuniu primeiramente com um grupo de jovens
voluntários, aos quais agradeceu pela generosa colaboração na Jornada Mundial.

“Para
muitos jovens, vindos de todos os cantos do mundo, vai ser muito importante ver
a capacidade de acolhimento de vocês, o seu espírito de sacrifício durante a
JMJ. Às vezes, em tarefas sem visibilidade, mas não por isso menos
importantes”, sublinhou Rylko. “Não digam para os seus amigos: vocês
têm que vir para a JMJ; digam: vale a pena!”.

Os
participantes no Encontro Internacional de Delegados receberão informação sobre
os vários aspectos da organização: alojamentos, manutenção, transporte,
inscrições, vistos e voluntariado.

Os
delegados também visitarão os lugares onde os atos principais da JMJ se
realizarão: o aeródromo de Cuatro Vientos e o entorno da praça da Cibele.

Para mais
informação: http://www.jmj2011madrid.com/.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.