Cardeal Amato propõe que os cristãos afastados “tomem a mão” de Maria para chegar a Jesus

Roma, 05 Out. 2011 (ACI) – Na abertura do 18º Simpósio Internacional Marianológico que se celebra em Roma, o Prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, Cardeal Angelo Amato, animou aqueles que se perderam pelo caminho da vida a tomar a mão de María para alcançar novamente a Jesus Cristo.

Na Pontifícia Faculdade Teológica “Marianum” de Roma, e diante de centenas de participantes vindos de todas as partes do mundo, o Cardeal Amato explicou, que “para a reconversão a Cristo é necessário dirigir-se à Virgem Maria para que assim ela reconduza a Ele”.

A autoridade vaticana assinalou, que aqueles fiéis que dirigem suas orações à Mãe de Deus, serão guiados pela Virgem Maria para “beber das frescas águas de Jesus Cristo”.

Em uma entrevista concedida ao grupo ACI, o Cardeal Amato explicou que, a Mariologia, “é um campo que serve ademais para aprofundar em relação a outros temas, como a cristologia, a Trindade, a graça, a antropologia, ou a Bíblia”.

A autoridade vaticana explicou que os avanços quanto à investigação Mariana são formidáveis. Atualmente, na Universidade Marianum “os estudos marianos se cultivam muito bem, e são de alta qualidade”, afirmou.

Neste simpósio internacional, que se celebra entre os dias 4 e 7 de outubro, apresentadores e participantes, aprofundam sobre a figura de Maria e a fé, a razão, o sentimento, e os aspectos teológico-culturais da modernidade.

O delegado da Pontifícia Faculdade Teológica “Marianum”, Padre Gian Matteo Roggio, indicou em uma entrevista concedida ao grupo ACI, que o significado da Maria “não deve reservar-se apenas para os que acreditam, já que ela era a mulher da liberdade, e está aí para todos os homens e para todas as mulheres”.

“Maria é a mãe que dá luz à nossa fé”, afirmou.

“A Virgem Maria está presente no mundo hoje em dia de muitas maneiras distintas. A primeira de todas é a forma sacramental, a forma litúrgica. Ela está no corpo de Cristo, e quando vivemos um ato litúrgico temos a Cristo no corpo, junto de Maria e dos Santos”, concluiu.

Está previsto que o Presidente do Conselho Pontifício da Cultura e Presidente da Pontifícia Comissão para os Bens Culturais da Igreja, Cardeal Gianfranco Ravasi, participe da sessão de encerramento.

O simpósio culminará no dia 7 de outubro, com a XII entrega do galardão “René Laurentin – Pró Ancilla Domini”, cujo nome homenageia o reconhecido mariolou de renome internacional. O prêmio, este ano irá destinado à Associação Internacional para as Investigações nos Santuários.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.