Camisinhas femininas terão graves consequências na saúde de mulheres, alerta bispo peruano

LIMA, (15/02/2012 – ACI) – Depois do anúncio das autoridades de saúde do Peru de distribuir massiva e gratuitamente preservativos femininos, o Presidente da Comissão de Vida e Família do Episcopado Peruano, Dom José Antonio Eguren, explicou que estes preservativos só terão graves conseqüências na saúde das mulheres.

Assim indicou o também Arcebispo de Piura e Tumbes em relação ao anúncio das autoridades de saúde o qual foi aplaudido pela decana do Colégio de Obstetras do Peru, Rosa Elena Lara Valderrama que considerou as camisinhas femininas como um “grande aporte” às mulheres e solicitou ainda que no governo peruano outros métodos anticoncepcionais com a “assessoria técnica” correspondente sejam difundidos.

Sobre as declarações da médica, Dom Eguren assinalou que é “penoso que pessoas responsáveis pela saúde distribuam irresponsavelmente preservativos, contribuindo ao mito de que o preservativo equivalente a ‘sexo seguro'”.

“Acaso não sabe a decana (Lara) que graves enfermidades de transmissão sexual como a clamídia, podem ser transmitidas a pesar do preservativo?”, questionou.

As camisinhas serão entregues nos estabelecimentos de saúde do país, de acordo ao “conselho” que recebam as pessoas nestes lugares sobre o tema.

O Presidente da Comissão de Vida e Família disse ademais que “a distribuição massiva de preservativos demonstrou ser um ato puramente político que só obtém o aplauso das feministas controlistas, com graves conseqüências para a saúde das mulheres peruanas”.

“As camisinhas femininas -concluiu o bispo- incentivam às mulheres ao sexo irresponsável”.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.