Bispos pedem oração pela França ante a imposição do “matrimônio” gay


Paris, 09 de Agosto de 2012 (ACI/EWTN Noticias) – Os Bispos católicos franceses pediram a todas as dioceses que se unam em oração pelo futuro do país e pelo bem comum, na Festa da Assunção da Virgem Maria, ante a ameaça do governo de implantar o matrimônio e a adoção por parte dos homossexuais.

O porta-voz da Conferência Episcopal da França, Dom Bernard Podvin, disse, num anúncio realizado no dia 30 de julho, que devido à crise econômica e social se torna “essencial despertar a consciência” e pedir orientação com respeito às “nossas decisões pessoais e coletivas”.

Esta ação da Igreja na França responde ao anúncio realizado em junho de 2012 pelo primeiro- ministro desse país, Jean-Marc Ayrault, com respeito a que o governo socialista instituirá o “matrimônio homossexual” e permitirá que os casais do mesmo sexo adotem crianças, cumprindo a promessa eleitoral realizada pelo presidente Hollande.

Com a intenção de que seja realizada em todas as Igrejas da França, no dia 15 de agosto, na oração se pedirá sabedoria para os legisladores e para as autoridades governantes, alívio dos efeitos da crise econômica europeia, e o fortalecimento do matrimônio e da vida matrimonial.

A oração nacional se realiza seguindo uma tradição católica francesa, que se remonta ao século 17, para rezar especificamente pelo país na solenidade da Assunção.

Confiando o futuro do país nas mãos de Deus “através da intercessão de Nossa Senhora”, os católicos franceses pedirão a Deus “o valor para fazer as eleições necessárias”, procurando “uma melhor qualidade de vida para todos”, assim como “o desenvolvimento da nossa juventude através de famílias fortes e fiéis”.

A oração escrita pelos bispos franceses também menciona “aqueles que foram escolhidos para legislar e governar”. O político socialista Francois Hollande foi eleito como presidente da França em maio deste ano, enquanto que em meados de junho, o Partido Socialista Nacional ganhou a maioria no parlamento do país pela primeira vez em uma década.

Os bispos pediram aos católicos franceses que rezem para que o “sentido do bem comum da sociedade” dos políticos pese mais que outras preocupações, e que eles “tenham a fortaleza de seguir as direções das suas consciências”.

Os bispos também pediram que as paróquias rezem pelas famílias, para que recebam o apoio da sociedade e que “o compromisso mútuo dos maridos e seus filhos” seja “um sinal de fidelidade para amar”.

A intenção final da oração está enfocada nas crianças e nos jovens, para que eles “deixem de ser objetos do desejo e conflito dos adultos” e em vez disso “se beneficiem completamente do amor de um pai e de uma mãe”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=23984

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.