Bispos de Nova Iorque: casamento não pode mudar

Declaração após a aprovação do casamento homossexual no Estado

NOVA IORQUE, quinta-feira, 30 de junho de 2011 (ZENIT.org) – Os bispos de Nova Iorque afirmaram que podem continuar ridicularizando suas crenças sobre o casamento, mas que nenhuma legislatura pode mudar o que é o matrimônio.

Uma declaração dos prelados, da última sexta-feira, respondeu à última votação (33-29), que fará que Nova Iorque seja o sexto Estado da União a aprovar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

“A passagem pelo poder legislativo de um projeto de lei que altera radicalmente e para sempre a compreensão histórica da humanidade do casamento nos deixa profundamente tristes e preocupados”, escreveram os bispos em uma declaração assinada pelo arcebispo Thimothy Dolan, de Nova Iorque, e outros sete bispos.

Os prelados reafirmaram o ensinamento da Igreja de “tratar nossos irmãos e irmãs homossexuais com respeito, dignidade e amor”.

“Mas – dizem – nós afirmamos categoricamente que o casamento é a união de um homem e uma mulher em uma duradoura e amorosa união que está aberta aos filhos, ordenada pelo bem dos filhos e dos próprios esposos.”

“Esta definição não pode mudar, apesar de que nossas crenças sobre a natureza do casamento sejam ridicularizadas continuamente, e de que alguns pretendam sancionar as igrejas e organizações religiosas que pregam estas verdades eternas”, acrescentaram.

Os bispos lançaram um apelo à sociedade para “recuperar o que parece ter perdido: um verdadeiro entendimento do significado e do lugar do casamento, como foi revelado por Deus, baseado na natureza e respeitoso dos princípios fundacionais dos Estados Unidos”.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.