Bento XVI reconhece dignidade e valentia dos japoneses diante do terremoto

Incentiva ajuda ao país

CIDADE DO VATICANO, domingo, 13 de março de 2011 (ZENIT.org) – Bento XVI reconheceu hoje a “dignidade e a coragem” com que os japoneses estão enfrentando o desastre do terremoto e do consequente tsunami, e incentivou as operações de socorro.

No encontro dominical por ocasião do Ângelus, o Santo Padre confessou que as imagens podem ser vistas na televisão “impressionaram profundamente a todos nós”.

“Renovo a minha proximidade espiritual ao querido povo deste país, que, com dignidade e coragem, está enfrentando as consequências destas calamidades”, disse o Pontífice, dirigindo-se aos peregrinos reunidos na Praça de São Pedro, no Vaticano.

“Rezo pelas vítimas, por suas famílias e por todos os que sofrem por causa destes terríveis acontecimentos. Encorajo todos aqueles que, com louvável rapidez, estão se comprometendo para levar ajuda. Permaneçamos unidos na oração. O Senhor está ao nosso lado!”, concluiu, falando da janela dos seus aposentos.

Neste domingo, em todas as igrejas católicas do Japão, foi lançada uma campanha de solidariedade a favor das vítimas, segundo anunciado pelo Pe. Daisuke Naru, diretor executivo da Cáritas Japão.

Permalink: http://www.zenit.org/article-27478?l=portuguese

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.