Benetton pede desculpas ao Vaticano por imagem manipulada do Papa

O grupo Benetton divulgou uma nota, nesta terça-feira, 15, na qual se refere sobre o uso da imagem de Bento XVI em campanha publicitária intitulada UNHATE, em novembro de 2011.

No comunicado, a empresa demonstrou arrependimento por ter ferido a sensibilidade do Santo Padre e dos seus fiéis, e garantiu que “todas as fotografias manipuladas do Papa foram retiradas do circuito comercial, e se empenha em não realizar no futuro outras utilizações da imagem do Sumo Pontífice sem a prévia autorização da Santa Sé”.

A campanha
No dia 16 de novembro de 2011, vários cartazes com a foto trabalhada em programa de edição de imagem, mostrava o Papa beijando um líder egípcio. No mesmo dia, diante do teor provocatório do comercial, a Santa Sé se declarou duramente, enfatizando que iria recorrer diante de tal desrespeito.

O Vaticano não pediu nenhum tipo de indenização financeira, mas pediu ressarcimento moral e reconhecimento do abuso realizado por parte da empresa. A Santa Sé afirmou ainda que defenderia a imagem do Papa através de meios legais.

Mirticeli Medeiros
Da Redação, com Rádio Vaticano

Fonte: Canção Nova Notícias

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.