Autoridade Vaticana: Ano da Fé é ocasião para retomar os documentos do Concílio Vaticano II

Lima, 25 de outubro de 2012 (ACI/EWTN Noticias) – O Dr. Guzmán Carriquiry Lecour, Secretário da Pontifícia Comissão para a América Latina, afirmou que o Ano da Fé é uma grande ocasião para que “os leigos e toda a Igreja retomem em suas mãos alguns documentos do Concílio Vaticano II” e o Catecismo da Igreja Católica.

Em declarações ao grupo ACI, Carriquiry Lecour assinalou que “só retomar e reler a Constituição sobre a Igreja Lumen Gentium seria uma obra magnífica para o crescimento da consciência de ser cristão, de ser Igreja”.

A Lumen Gentium indicou, “é um documento que tem uma verdade tão persuasiva, tão resplandecente, ainda cheio de virtualidades para fazer-nos crescer na autoconsciência de ser Igreja”.

Carriquiry Lecour assinalou que ao destacar as datas do aniversário do Concílio Vaticano II e do Catecismo da Igreja Católica, “o Papa nos está dizendo: vão a estes textos fundamentais do Magistério da Igreja que são preciosos”.

O Secretário da Pontifícia Comissão para a América Latina também ressaltou “o preciosíssimo Magistério de Sua Santidade Bento XVI”, e assinalou a importância que tanto leigos como sacerdotes aproveitemos seus ensinamentos, pois é “a primeira vez na história que temos como sucessor de Pedro ao teólogo mais genial da Igreja contemporânea”.

Carriquiry Lecour disse ao grupo ACI que o Ano da Fé é, para todos os cristãos, “é uma ocasião providencial para redescobrir a fé, que é a tradição mais preciosa dos povos”.
Esta também é uma ocasião, assinalou, para “aprofundar os conteúdos da fé e para comunicá-la com maior convicção e entusiasmo, como diz o Papa”.

Ao referir-se à secularização, que “avança nas grandes cidades sob o ímpeto dessa cultura marcadamente hedonista, relativista, utilitarista, que induz estilos de comportamento, atitudes cada vez mais afastadas e inclusive hostis à tradição católica”, o Dr. Carriquiry Lecour assinalou que “o fundamental é voltar sempre para a fonte da fé, recomeçar desde Cristo”.

A autoridade vaticana assinalou que se deve “recomeçar desde Cristo em um encontro pessoal, que se transforma em amizade e comunhão. A experiência desse encontro pessoal com Cristo é o que fundamenta e reaviva nossa fé”.

“Esse encontro com Cristo tem que transformar-se em comunhão, tem que crescer desde a reinicialização cristã até a formação de personalidades cristãs amadurecidas na fé. E aí vem todo o processo de crescimento no conhecimento dos conteúdos da fé e a vida de fé”, afirmou.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=24357

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.