Atleta paralímpica italiana além de ganhar medalha nos Jogos Paralímpicos de Londres dá testemunho de fé

O site ACIDIGITAL divulgou nesta segunda-feira, 17 de setembro de 12, um belo testemunho da atleta paralímpica italiana, Annalisa Minetti, que ganhou medalha de bronze nos 1.500 metros de cegos totais, nos Jogos Paralímpicos de Londres.

Annalisa afirmou em entrevista ao RaiSport, que a medalha de que nunca a abandona realmente é o terço: “Até agora minha medalha sempre foi esta, correu sempre ao meu lado”, disse com o terço na mão.

A atleta ainda ressaltou: “Desde jovem tive a sorte de conhecer a Deus e Ele me deu a fé. Quando se tem fé, se consegue suportar a dor. Há dores que a gente não sabe dar um nome, não sabe defini-las nem justificá-las, mas quando acreditamos em Deus já não nos perguntamos mais o porquê a mim e não a outro. E isso é uma grande conquista alcançada”, explicou em uma segunda entrevista com o RaiTV.

Leia a notícia na íntegra: Uma atleta paralímpica italiana está mais orgulhosa do seu terço que da medalha olímpica

Fonte: ACIDIGITAL

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.