Atentado em escola italiana mata uma jovem e deixa vários feridos: Papa e Santa Sé condenam

Cidade do Vaticano (RV) – Após a oração do Regina Coeli, neste domingo, o Papa manifestou sua proximidade às vítimas de um atentado à bomba, perpetrado na manhã deste sábado contra uma escola da cidade de Brindisi. A explosão se deu na hora em que as crianças estavam chegando para as aulas.

Ainda não se sabe de quem é a autoria do crime, mas suspeita-se de um grupo mafioso, visto que a Escola estava dedicada à esposa do juiz Giovanni Falcone, ambps assassinados pelo crime organizado há 20 anos, quando o juiz se encontrava na primeira linha do combate à Máfia siciliana. Alguns especialistas afirmam que os crimes mafiosos visam sempre pessoas concretas e não vítimas indiferenciadas, e que os responsáveis do ato poderiam ter escolhido esta fórmula para fazer desviar as atenções para outro possível culpado.

O crime foi comentado também pelo Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Pe. Federico Lombardi, que disse tratar-se de “um ato horrível e vil”, que convida o país a reagir à “provocação”.

“O atentado ocorrido esta manhã em Brindisi é um fato absolutamente horrível e vil – disse ele -, tanto mais merecedor de execração pelo fato de acontecer nas imediações de uma escola, contra jovens completamente inocentes. Estamos consternados, e ao mesmo tempo que rezamos pelas vítimas e exprimimos a nossa proximidade às famílias, fazemos votos de que não só a cidade (atingida), mas toda a Itália, consigam reagir com decisão às tentações da violência e às provocações terroristas”. (ED)

Fonte: Radio Vaticano

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.