Associação Cultural Nossa Senhora de Fátima

É uma associação de leigos que, atendendo aos apelos do Santo Padre, se dedica à Nova Evangelização, em estreita colaboração com a Hierarquia da Igreja Católica.

Adaptando-se às circunstâncias e lugares onde atua, emprega métodos de ação muito variados, visando levar a mensagem evangelizadora ao maior número possível de pessoas:

divulga livros e outras publicações com temas atuais de espiritualidade dando especial destaque à devoção a Maria e ao ensinamento do Papa;

distribui boletins entre os participantes da campanhas promovidas pela Associação, com notícias das atividades da entidade;

coordena a formação de grupos paroquiais para a prática da comunhão reparadora dos cinco primeiros sábados;

promove a visita da imagem de Nossa Senhora de Fátima a lares, instituições educativas, hospitalares, etc.;

auxilia a animação da liturgia em celebrações eucarísticas;

realiza atividades de formação religiosa e cultural para a juventude;

organiza eventos culturais (especialmente no campo da música);

promove encontros entre leigos desejosos de se engajarem em atividades de evangelização.

Transcorridos três anos de atividade, a Associação Cultural Nossa Senhora de Fátima já mantém cerca de 80 casas pelo Brasil, tendo granjeado a simpatia e o apoio de muitas personalidades religiosas e civis. O Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Geraldo Majella Agnelo, avaliou o trabalho da Associação com estas palavras:

“Com muita alegria tenho acompanhado o vosso ministério como ‘portadores da Virgem de Fátima’. Ministério tão necessário à nossa época, descrente e cheia de atribulações, mas sedenta de Deus. “Vejo ainda, com particular interesse, o quanto tem sido importante a inserção da Associação Cultural Nossa Senhora de Fátima no seio da Comunidade Eclesial, seja na participação na liturgia paroquial, no ministério mariano particular e na acolhida e formação daqueles que, convosco, desejam ser servos da Theotókos [Mãe de Deus]. Nisso vejo um real desejo de caminhar com o ministério autêntico da Igreja, com o nosso Papa João Paulo II, a quem vós tendes feito questão de fazer presente, por meio de suas sábias palavras, no Boletim Informativo.”

Também o Bispo Diocesano de Campos, Dom Roberto Gomes Guimarães avaliou o significado da Associação Cultural Nossa Senhora de Fátima em Nossos dias:

“Entre seus objetivos, a Associação Cultural Nossa Senhora de Fátima se propõe a assumir uma obra acentuadamente de apostolado, tendo como principal meta a implantação ao Reinado de Nosso Senhor Jesus Cristo através da intercessão maternal da Santíssima Virgem Maria, Senhora do Rosário de Fátima.”

Cada vez mais, S.S. o Papa João Paulo II vem lançando um apelo a todos os cristãos, convocando-os a se lançarem na Nova Evangelização: “que os fiéis leigos escutem o chamamento de Cristo para trabalharem na sua vinha”.

A Associação Cultural Nossa Senhora de Fátima foi constituída com o fim de colaborar na realização desse anseio do Papa, e levar o maior número de leigos a participar na obra evangelizadora da Igreja. Qualquer fiel pode tomar parte em suas atividades, na medida de suas possibilidades.

Dom Tarcisio Sebastião Batista Lopes, OFM-CAP, Bispo Emérito de Ipameri (GO), atesta o cumprimento dessa missão ao afirmar:

“O apostolado leigo tão estimulado por S. S. João Paulo II na Exortação Pós-sinodal “Christifideles Laici”, vem sendo amplamente divulgado pelos abnegados jovens desta associação, como pude comprovar, pois não poupam esforços para levar ao nosso País continente o conhecimento das palavras alentadoras da Mãe de Deus, aos inocentes pastorinhos portugueses, no ano de 1917 e sempre mais atuais do que nunca.”

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.