Assessor da Comissão para a Doutrina da Fé da CNBB dá sua opinião pessoal acerca do perfil para o novo Papa

1_0_671103O site da Rádio Vaticana informou nesta quinta-feira (07 de março de 2013) que estão previstas para hoje, duas Congregações Gerais com os membros do Colégio Cardinalício, uma na parte da manhã e outra na parte na tarde, em preparação para o conclave. Ainda não foi definida a data de início.

Ainda segundo a agência de notícias já citada, o Monsenhor Antonio Luiz Catelan, assessor da Comissão para a Doutrina da Fé da CNBB, que está em Roma assistindo ao Cardeal Dom Raymundo Damasceno; ao ser entrevistado e questionado a respeito das especulações que circulam pela mídia em relação ao perfil do novo pontífice afirmou:

“Essa semana os cardeais estão dedicados a isso nas congregações: além das questões técnicas, eles se dedicam a discernir o perfil do Papa. Seria muita pretensão da minha parte tentar dizer uma palavra como teólogo, dando excessivamente importância à minha opinião. Mas como opinião pessoal de um fiel da Igreja, eu diria o seguinte: eu esperaria um Papa com uma grande capacidade de diálogo. Eu participei como auxiliar de secretaria no Sínodo de 2008 e no final do almoço do Papa com os padres sinodais e com os colaboradores, ele disse uma palavra que me marcou profundamente: “A palavra de Deus cresce com os que a escutam”. Dessa palavra, ele tirava a seguinte conclusão: que o Sínodo foi sobretudo um exercício de escuta, nos escutamos uns aos outros e na nossa escuta a palavra de Deus cresceu. Essa capacidade de escutar o mundo, de escutar a própria Igreja com toda a sua riqueza, com tantos carismas, comunidades e movimentos, e também com tanta necessidade de reforma em diversos âmbitos. Então um Papa com uma grande capacidade de escuta, em vista do diálogo. Para depois dar uma palavra que a gente sinta que vem da meditação do coração do Papa, que discerne à luz da Escritura, da vontade de Deus, qual é mesmo a vontade de Deus para este momento da vida da Igreja. Eu espero um Papa assim”.

Fonte: http://pt.radiovaticana.va/news/2013/03/07/o_perfil_do_novo_papa/bra-671103

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.