Arcebispo afirma que cristianismo é a religião mais perseguida

O secretário de relações entre os Estados, Arcebispo Dominique Mamberti, durante a sua intervenção na Assembléia Geral da Organização das nações Unidas nesta semana, falou sobre questões referentes aos desafios enfrentados atualmente pela comunidade internacional, entrem os quais, as emergências humanitárias, a falta de liberdade religiosa e a crise econômica.

O arcebispo falou das centenas de milhares de vitimas da estiagem, da fome e da má nutrição no norte da Àfrica, salientando que a Santa Sé mais uma vez renova o seu apelo para a solução de tais problemas.

“Papa Bento XVI expressou várias vezes à comunidade internacional da importância de desenvolver e sustentar as políticas humanitárias naquela parte do mundo”, disse.

Perseguição aos cristãos

Dom Dominique também apresentou um dado alarmante: o cristianismo é o grupo religioso que sofre o maior número de perseguições. Diante desta constatação, o arcebispo se aprofundou no tema da liberdade religiosa.

“A falta de respeito da liberdade religiosa representa uma ameaça para a segurança e para a paz”, salientou.

Crise econômica

Em meio a atual crise econômica mundial, Dom Dominique afirmou que o que dá origem a esse problema é a falta de ética nas estruturas econômicas.

” A ideia de produzir recursos e bem e de administrá-los em modo estratéfgico, sem perseguir o bem através das mesmas ações, isto é, sem ética, revela uma ilusão ingênua e sinica, sempre fatal. (.); A economia tem neessidade da ética para o seu correto funcionamento; uma ética centralizada na pessoa para oferecer perspectivas para as novas gerações”, afirmou.

***
Mirticeli Medeiros com news.va

Da Redação CN
30/09/2011

 

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.