Ao ser eleito um novo Papa, por que ele precisa mudar de nome?

120313-roupa-do-papa-2Um Papa ao ser eleito não é obrigado a mudar de nome.

Sabemos que o primeiro Papa a mudar de nome foi João XII, por volta de ano 540.

Podemos dizer que um Papa muda de nome, pois, segundo a Bíblia, mudar de nome significa assumir uma missão sagrada que lhe foi confiada. Por exemplo, Pedro não se chamava Pedro, e sim, Simão. Quando Jesus lhe confia uma nova missão, ele passa a se chamar Kephas (pedra), ou seja, Pedro. E assim vemos outros casos, por exemplo, na história de Jacó que passou a se chamar Israel, Sarai que passou a se chamar Sara, Saulo que passou a Paulo, entre outros; por isso, criou-se essa prática que os Papas utilizam até hoje, mas que não é uma regra. Se o Papa quiser manter seu nome, ele pode manter; não há nada que o impeça.

Programa Pergunte e Responderemos (12/04/13)

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.