A Palavra de Deus é viva e eficaz!

biblia20sagrada_jpg1Que meios a Igreja usa para afirmar que a palavra de Deus que está na Bíblia é viva e eficaz?

 A Igreja usa a própria Bíblia para garantir que o que ela contém é a Palavra de Deus viva e eficaz. Jesus concedeu à Igreja a infalibilidade ao discernir os livros inspirados (veja Jo 15,15.25; 1612-13). Nem sempre a Bíblia é fácil de ser interpretada. É por isso que Jesus confiou a interpretação dela à Igreja Católica, que a faz através do Sagrado Magistério, dirigido pela cátedra de Pedro (o Papa), e da Sagrada Tradição Apostólica, que constitui o acervo sagrado de todo o passado da Igreja e de tudo quanto o Espírito Santo lhe revelou e conti­nua fazendo no presente. Veja o que a Bíblia diz:

“O homem não vive só de pão, mas de tudo o que sai da boca do Se­nhor” (Dt 8,3c).

“Antes de tudo, sabei que nenhuma profecia da Escritura é de interpretação pessoal Porque. jamais uma profecia foi proferida por efeito de uma vontade humana. Homens inspirados pelo Espírito Santo falaram da parte de Deus” (II Pd 1,20-21).

“Porque a letra mata, mas o Espírito vivifica” (II Cor 3,6c)

“A palavra de Deus é viva, eficaz, mais penetrante do que uma espada de dois gumes, e atinge até à divisão da alma e do corpo, das juntas e medulas, e discerne os pensamentos e intenções do coração” (Hb 4,12).

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.