“A justiça não é uma simples convenção humana”, afirma Bento XVI

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 13-01-2012, Gaudium Press) O Santo Padre recebeu nesta sexta-feira, 13, em audiência privada na Sala Clementina do Palácio Apostólico, os membros da Inspetoria de Segurança Pública do Vaticano. “A Sé de Pedro, o centro da cristandade, pelo fato de atrair um grande número de pessoas de todo o mundo que visita o centro da Igreja católica”, para a cidade de Roma, assim como para toda a Itália, é uma riqueza e um motivo de orgulho”, ressaltou o Papa, inicialmente.

Bento XVI dedicou o discurso desta manhã ao tema da justiça e da paz à luz do tema da Jornada Mundial da Paz. “A justiça não é uma simples convenção humama; quando, em nome de uma presumida justiça, dominam os critérios da utilidade, do lucro e do possuir, pode-se até mesmo pisar no valor e na dignidade da pessoa humana”, mas “uma virtude que direciona a vontade humana a operar segundo a própria razão”, destacou.

O Santo Padre afirmou aindaque a paz, por sua vez, é “profundamente ligada à justiça, e deve ser animada pela verdade na caridade, porque ela não é a mera ausência de guerra ou resultado somente da ação dos homens para evitá-la; é principalmente dom de Deus”.

No início do novo ano o pontífice recebe no Vaticano alguns grupos para apresentar suas cordiais saudações, agradecimentos e votos. Entre esses grupos, o primeiro é o dos prefeitos e presidentes e colaboradores próximos da Cúria Romana, encontro que acontece antes do Natal porque a Igreja inicia o novo ano litúrgico com o primeiro domingo do Advento.

Depois, em janeiro, o pontífice recebe os embaixadores credenciados na Santa Sé; em seguida os administradores da Região Lácio, da Província e da Cidade de Roma, assim como a Inspetoria de Segurança Pública do Vaticano, composta pelos membros da Polícia italiana, que em um acordo entre o Estado da Cidade do Vaticano e a República Italiana, ajuda a garantir a ordem pública e a segurança para os peregrinos e turistas na Praça São Pedro e nas zonas limítrofes.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.