A Igreja Católica na China celebra ordenações sacerdotais no mês de Maria

Roma, 08 de maio de 2012 (ACIDIGITAL) – Neste mês de maio dedicado à Virgem Maria, a Igreja na China se une às festividades marianas da Igreja Universal celebrando dez ordenações sacerdotais.

As celebrações iniciaram no dia 1 de maio com a ordenação sacerdotal de dois diáconos diocesanos contando com a presença de mais de 14 mil fiéis da Diocese de Tian Jin, reunidos na praça que fica diante da Catedral.

Na Diocese de Cang Zhou (originariamente Xian Xian) da província de Hei Bei, Dom Joseph Li presidiu a ordenação sacerdotal de oito diáconos diocesanos, missa que foi concelebrada por 18 sacerdotes. Com esta ordenação o número de sacerdotes da diocese aumentou para 128.

Fontes da agência vaticana Fides informaram que a eleição do mês Mariano na China é “um bom começo para ser melhores trabalhadores na vinha do Senhor, confiando no amparo e acompanhamento espiritual de Maria”.

Além das ordenações sacerdotais, a Igreja na China realizará peregrinações aos santuários marianos, encontros de oração, renovação dos votos dos religiosos e religiosas, entre outras iniciativas que mostram que a devoção em toda a China continental está viva. A Igreja Católica na China celebra ordenações sacerdotais no mês de Maria.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.