À exemplo de Santo Estêvão devemos ser testemunhas convictas e corajosas

Nesta última quarta-feira, 26 de dezembro de 2012, antes de iniciar a oração do Ângelus na Praça de São Pedro, em suas prévias palavras o Santo Padre convidou todos os cristãos a darem um testemunho convicto e corajoso.

O Papa afirma que: “No dia de Santo Estêvão, também nós somos chamados a fixar o olhar no Filho de Deus, que no clima alegre do Natal contemplamos o mistério da sua encarnação. Com o Batismo e a Confirmação, com o dom precioso da fé nutrida pelos sacramentos da Igreja, especialmente pela Eucaristia, Jesus Cristo ligou-nos a Si e quis continuar em nós, com a ação do Espírito Santo, a sua obra de salvação, que resgata, valoriza, eleva e conduz à realização. Deixar-se atrair por Cristo, como fez Santo Estêvão, significa abrir a própria vida à luz que a atrai, a orienta e a faz seguir pelo caminho do bem, o caminho da humanidade segundo o plano de amor de Deus”.

O Pontífice também explica que: “Santo Estêvão é um modelo para todos aqueles que querem colocar-se ao serviço a nova evangelização. Ele mostra que a novidade do anúncio não consiste principalmente no uso de métodos ou técnicas originais, que certamente têm a sua importância, mas no estar cheios do Espírito Santo e deixar-se guiar por Ele. A novidade do anúncio está na profundidade da imersão no mistério de Cristo, da assimilação da sua palavra e da sua presença na Eucaristia, de tal forma que Jesus vivo, possa falar e agir no seu enviado. Em essência, o evangelizador torna-se capaz de levar Cristo aos outros de forma eficaz quando vive de Cristo, quando a novidade do Evangelho se manifesta na sua própria vida”.

E termina saudando os cristãos em várias línguas.

Fonte: http://www.zenit.org/article-32047?l=portuguese

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.