“A criança é um dom e um milagre que deve ser recebido no amor”, declara o Papa no Ângelus

Cidade do
Vaticano (Segunda-feira, 27-12-2010, Gaudium
Press
) “O nascimento de toda criança traz consigo alguma coisa deste
mistério do nascimento de Jesus Cristo”, declarou o Santo Padre no Ângelus
deste domingo, 26, dedicado à Sagrada Família, cuja festa foi celebrada no
mesmo dia. Da janela de seu escritório privado, a uma Praça São Pedro repleta
de peregrinos e romanos, o pontífice fez também um apelo pela paz nas
Filipinas, depois do atentado à igreja católica na ilha de Jolo durante a
primeira Missa de Natal.

No início
da recitação, Papa Bento XVI pediu a todos que acolhessem cada criança do
mundo, aceitando-a como um dom e um milagre, sem concentrar-se nas comodidades
exteriores. “A estabilidade da vida se encontra na confiança na divina
Providência”, disse. “As crianças no mundo necessitam do amor de seu
pai e de sua mãe, como o pequeno Jesus que estava no centro do afeto e das
atenções de seus pais. A procriação humana não é um mero ato reprodutivo, mas
uma riqueza”, afirmou.

Após
dissertar sobre a Sagrada Família, o Santo Padre comentou a respeito os ataques
contra cristãos cometidos neste Natal nas Filipinas, na Nigéria e no Paquistão.
“A feliz atmosfera do Natal é entristecida pelas notícias de outras partes
do mundo onde os cristãos experimentam as provas de sua fé. O nosso mundo
continua a ser marcado pela violência, especialmente contra os discípulos de
Cristo”, disse o pontífice invocando as pessoas a abandonar a via do ódio
para encontrar soluções pacíficas aos conflitos.

Depois da
oração, como todos os domingos, o Papa saudou os peregrinos também em língua
espanhola. “Convido as famílias cristãs a olhar com confiança o lar de
Nazaré, cujo exemplo de vida e comunhão nos alenta a enfrentar as precoupações
e necessidades domésticas com profundo amor e recíproca compreensão. A vocês e
a vossas famílias reitero minha cordial felicitação nestas festa de
Natal”, concluiu.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.