8 mil pessoas comemoraram contagem regressiva da JMJ

Estrearam apresentadores, orquestra e grupos musicais

MADRI, terça-feira, 10 de maio de 2011 (ZENIT.org) – Cem dias antes do início da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), foi realizado nesse domingo, em Madri, um encontro para agradecer a colaboração de milhares de famílias e voluntários que trabalham na preparação do evento, do qual o Papa Bento XVI participará na capital espanhola, encontrando-se com milhares de jovens do mundo inteiro.

Durante o encontro, do qual participaram mais de 8 mil pessoas, houve momentos de oração e de festa. Às 12h, começou a Missa presidida pelo cardeal arcebispo de Madri, Antonio María Rouco Varela.

Em sua mensagem para esta “reta final”, ele disse que “a JMJ é um grande dom e uma enorme responsabilidade”, razão pela qual é urgente o compromisso generoso, para que este encontro seja para muitos uma ocasião de “profundo e autêntico encontro com Jesus Cristo”.

O encontro foi transmitido pela 13TV, acompanhado de um programa especial sobre o evento deste ano, intitulado “A 100 dias da JMJ” e apresentado pela conhecida jornalista televisiva Inmaculada Galván e por Rafael Barrio.

O Papa Bento XVI enviou uma mensagem aos participantes, na qual os convidou a “intensificar a oração pelos frutos da JMJ” e a que seu trabalho impulsione “a evangelização das novas gerações, que se espera com entusiasmo a partir deste importante acontecimento eclesial”.

Um dos marcos do dia foi a estreia da equipe de apresentadores que conduzirão os principais atos durante a Jornada. Alem disso, após semanas de ensaios, o coral e a orquestra da JMJ se apresentaram pela primeira vez, em um ato público multitudinário.

O diretor da orquestra, Borja Quintás, disse: “Este é um projeto único, no qual se une a alegria de tocar para o Papa e para milhares de jovens vindos do mundo inteiro, e no qual muitos jovens colocam à disposição seu talento musical e seu trabalho”.

Para esta ocasião, foram interpretadas três peças musicais de compositores espanhóis e russos. “Foi um mês e meio muito intenso de ensaios, mas valeu a pena”, disse Marisol, uma das componentes do coral.

“Eu venho de Tarragona todo sábado para ensaiar, mas não sou o único. Fiquei sabendo através de Spodtify, e disse ‘eu quero ser voluntário’, com o melhor que sei fazer: a música”, declarou, por sua vez, Lluis, um dos integrantes da orquestra.

Ao longo do encontro houve momentos festivos. Entre eles, destacou-se a apresentação de La Voz del Desierto y David de María, bem como do grupo pop espanhol Melocos.

“Esta é uma oportunidade que os jovens não podem perder”, disse Jaime, o principal componente do grupo. Por sua vez, Gonzalo, outro dos integrantes, fez este convite aos jovens: “Venha e participe, depois você me conta”.

Até este momento, 340 mil pessoas se inscreveram na JMJ, procedentes de 170 países.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.