5 passos para perdoar seu(sua) esposo(a)

casalbrigados1Apresentamos, a seguir, um exercício prático de cura para preparar-se para o caminho do perdão. Você pode realizá-lo durante o tempo que achar necessário, mas sugerimos que seja pelo menos por uma semana, no início.

Como cônjuges, precisam dedicar um espaço, um tempo para um diálogo sincero e aberto.

O exercício do perdão

1. O primeiro passo é individual: no momento de mais calma do dia para cada um, pegue um caderno e um lápis.

2. É o momento de serenar o coração e pensar: por que motivos meu cônjuge precisa me perdoar? Em que falhei ou estou falhando? Por que razões sou consciente de que preciso receber perdão? Aqui é muito importante recordar: você está se colocando no lugar dele(a). Seja consciente dos seus erros e dos defeitos que incomodam ou prejudicam a vida conjugal e familiar.problemas_casamento

Nota: escrever tudo o que vier à sua mente. Tudo aquilo que humildemente você reconheça como motivos para pedir perdão. É importante fazer isso durante vários dias. Deixar de lado os pensamentos referentes às “ofensas recebidas”. Primeiro, é preciso reconhecer os próprios erros, suas dívidas com seu cônjuge.

3. Depois de vários dias (pelo menos uma semana) fazendo o exercício anterior, chegou a hora de fazer o contrário: uma lista das coisas que você precisa perdoar no seu cônjuge. Também aqui é preciso escrevê-las com a maior caridade e respeito possível, não condenando, deixando a porta aberta para o arrependimento.

4. Em um dia estabelecido, reservem um tempo (o mais longo possível) para compartilhar um com o outro o que escreveram durante o tempo de exercício individual. Se fizerem bem esta parte, os frutos podem ser maravilhosos.

Leia também: Problemas do casamento

Qual a vontade de Deus para os esposos?

Casamento: como dialogar de maneira eficaz

Os 5 ingredientes do casamento feliz

Amor de verdade se conserta, não se joga fora

A importância do perdão

5. Juntos, procurem um acordo para evitar, no futuro, aquilo que fere ou incomoda o outro. Também é o momento em que se materializa o perdão na renovação do amor, reconhecendo Deus como sua fonte. Pode surgir um propósito para ser revisado periodicamente. Cada casal encontrará a melhor maneira de dar continuidade a isso para o seu crescimento.

Algumas pautas para saber se estamos fazendo bem o exercício

– Vejo meus erros antes de apontar os do meu cônjuge?sereis_uma_so_carne

– No momento de pensar sobre aquilo que tenho de perdoar no meu cônjuge, faço-o com respeito e compaixão?

– Não deixo nada de fora, por mais doloroso que seja?

– No momento de dialogar: evito as discussões, renuncio à atitude de justificar-me, dou ao meu cônjuge a oportunidade de explicar as situações? Acredito sinceramente no meu cônjuge?

– Faço o exercício com pressa? Faço somente por compromisso, para agradar o outro? É um desejo e um encontro buscado e querido?

– Cresce em mim a convicção de que este é o caminho pelo qual podemos crescer no amor?

Fonte: http://www.aleteia.org/pt/estilo-de-vida/artigo/5-passos-para-perdoar-seu-esposo-5895008292962304

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.