20/04 – Santa Inês de Monte Pulciano

Lembramos, neste dia, de uma flor da Ordem Dominicana, Santa Inês, que nasceu em Monte Pulciano, no centro da Itália, numa família de posses. Graças a Deus, ao sentir-se chamada à vida religiosa, nada sofreu de oposição. Inês, inclinada à vida de oração e meditação, consagrou-se na vida religiosa e se destacou na obediência e variadas virtudes. Após uma linda caminhada, foi nomeada ainda jovem como superiora, já que era conhecida como modelo de penitência, recolhimento, jejum, vida mística. Ocupada com a salvação das almas, desejava ardentemente a conversão de mulheres de uma casa em que funcionava um prostíbulo. Sendo assim Inês – que bem sabia que a tudo pode ser mudado pela oração – investiu e alcançou de Deus a mudança de todas e a transformação do lugar de pecado numa casa religiosa, lugar de graça. Santa Inês entrou no céu com 40 anos, depois de dizer: “Milhas filhas, amai-vos umas as outras, pois a caridade é o sinal dos filhos de Deus”.

Santa Inês de Monte Pulciano, rogai por nós!

Outros Santos do mesmo dia: Santo Marcelino de Embrun, São Marciano, São Caedwalla, Beato Hugo de Anzy, Santa Hildegunda, Beato Simão de Todi, Beato Tiago Bell e João Finch, Beatos Roberto Watkinson e Francisco Page, Beato Tiago de Salis, Beato Domingos Vernagalli, Santo Atanásio e Beatos Ricardo Sargeant e Guilherme Tomson

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.