20/4 – Santa Inês de Monte Pulciano

santa ines de montepulcianoLembramos, neste dia, de uma flor da Ordem Dominicana, Santa Inês, que nasceu em Monte Pulciano, no centro da Itália, numa família de posses. Graças a Deus, ao sentir-se chamada à vida religiosa nada sofreu de oposição. Inês, inclinada à vida de oração e meditação, consagrou-se na vida religiosa e se destacou na obediência e variadas virtudes. Após uma linda caminhada, foi nomeada ainda jovem como superiora, já que era conhecida como modelo de penitência, recolhimento, jejum, vida mística. Ocupada com a salvação das almas, desejava ardentemente a conversão de mulheres de uma casa em que funcionava um prostíbulo. Sendo assim Inês – que bem sabia que a tudo pode ser mudado pela oração – investiu e alcançou de Deus a mudança de todas e a transformação do lugar de pecado numa casa religiosa, lugar de graça. Santa Inês entrou no céu com 40 anos, depois de dizer: “Milhas filhas, amai-vos umas as outras, pois a caridade é o sinal dos filhos de Deus”

Santa Inês de Monte Pulciano, rogai por nós!

Outros Santos do mesmo dia: Santo Marcelino de Embrun, São Marciano, São Caedwalla, Beato Hugo de Anzy, Santa Hildegunda, Beato Simão de Todi, Beato Tiago Bell e João Finch, Beatos Roberto Watkinson e Francisco Page, Beato Tiago de Salis, Beato Domingos Vernagalli, Santo Atanásio e Beatos Ricardo Sargeant e Guilherme Tomson

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.