18/2 – Santa Bernardete

Santa BernadetteNo dia 11 deste mês celebramos o dia de Nossa Senhora de Lourdes, que apareceu, em 1858, a uma menina: Bernardete. Ela não só recebeu a graça de ver Maria, mas principalmente contemplou Jesus no Céu, pois alcançou a santidade. Maria Bernarda, conhecida como Bernardete, de família pobre e religiosa, somente com treze anos já teve de trabalhar, empregada em guardar ovelhas fora de casa. Por falta de oportunidade era analfabeta, mas bem sabia rezar com fé e amor a oração do Pai-Nosso, a Ave-Maria e o Credo. Santa Bernardete era uma pessoa muito sincera, por isso, quando começou a receber as aparições de Nossa Senhora, em Lourdes, foi questionada sobre quanto à resposta que trouxe Daquela Mulher, que a disse: “Eu sou a Imaculada Conceição”. A menina apenas respondeu: “Ela disse assim”.

A santa de hoje foi um instrumento escolhido por Maria, tanto que depois das aparições o Senhor continua a socorrer milhares de peregrinos que visitam o Santuário de Nossa Senhora de Lourdes. Naquele tempo Bernardete foi para um convento, onde muito viveu com bom humor a caridade, humildade e sofrimentos, até entrar no Céu, onde encontrou-se com a Bela e Incomparável Mãe, para quem rezou na última hora: “Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por mim, pobre pecadora”!

Santa Bernardete, rogai por nós!

Outros Santos do mesmo dia: São Simeão, São Leão e Paregório, São Flaviano, São Heládio, São Colomano de Lindisfarne, São Angilberto, São Teotônio, Beato Guilherme Harrington,  Santa Exupéria de Vercelli,  Beato João Pibush, Beata Gertrudes Comensoli, Beato João de Fiésole e Beato Jorge Kaszyra.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.