1800 fiéis protestam contra a blasfema exposição da Cruz

Avignon, sábado, 16 de abril de 2011: católicos protestam contra obra blasfema. Frutos do laicismo!

Avignon (La Porte Latine / Pius.info) O protesto contra a blasfema exposição de um crucifixo “Piss Christ” (pius.info berichtete) foi um “grande sucesso com tranqüilidade” segundo informações do sítio oficial do Distrito Francês da FSSPX, “dignidade e alegria a respeito de uma guerra pacífica” [ndr: obra blasfema de Andres Serrano “Piss the Christ” (Mije o Cristo) , exposta no museu de Avignon, que consiste na fotografia de um pequeno crucifixo mergulhado em urina do próprio autor. Foi já exposta em outros lugares e gera polêmica há décadas — rezemos em desagravo].

O manifesto para a honra da cruz até agora foi assinado por mais de oitenta mil cristãos. Ajude assinando-o no sítio www.defendonslecrucifix.org.

No sábado, dia 16 de abril, reuniram-se mais de 1.800 pessoas no Place du Palais em Avignon para expressar sua indignação sobre a exposição blasfema da cruz e para exigir a sua imediata retirada. Também muitos jornalistas (rádio, jornal, televisão) estiveram presentes.

Dentre inúmeros fiéis encontravam-se também muitos sacerdotes e religiosos, bem como políticos, como, por exemplo, Madame Bompard, prefeita de Bollène e o senador de Vaucluse, Alain Dufaut.

Na primeira linha trata-se dos direitos de Deus, cujo nome “k’dosch” – “sanctus” – é “santo”, em segundo plano também temos uma violação dos sentimentos religiosos das pessoas! Isso nunca deveria acontecer numa sociedade que vê a si mesma como tolerante e aberta ao mundo!

O Kreuz.net informa que ontem “dois heróis” destruíram as duas obras blasfemas de Serrano no museu de Avignon. Eles usaram uma tesoura e outro objeto cortante. Os trapos continuam no museu. Não se sabe quem são ou a que comunidade pertencem, mas de todo jeito fizeram um bom trabalho, exatamente o que deveria ser feito. O ministro da cultura, Frederic Mitterrand , classificou o ato como “inaceitável”.

Fonte:
http://fratresinunum.com/2011/04/18/1800-fieis-protestam-contra-a-blasfema-exposicao-da-cruz/
 

 

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.