12 Ensinamentos do Beato Dom Filipi Rinaldi, sucessor de Dom Bosco

RinaldiMuitos ainda não conhecem o Beato Filipe Rinaldi…

No dia 5 de dezembro, comemora-se a figura do Beato Pe. Filipe Rinaldi (1856-1931), III Sucessor de Dom Bosco à frente da Congregação e da FS.

O Pe. Rinaldi consolidou e expandiu o carisma salesiano com o exercício de uma autoridade paterna e sábia. É considerado o fundador da obra salesiana na Espanha e em Portugal, além de iniciador genial do Instituto Secular das Voluntárias de Dom Bosco (VDB).

A sua vocação nasceu de um encontro com o mesmo Dom Bosco, pelo qual foi iniciado no caminho da formação religiosa e sacerdotal. Rinaldi emulou-lhe de modo tal as virtudes e as características espirituais que o chamavam sua “imagem vivente”. Aceso de amor pela Igreja, promoveu sua presença renovadora entre os Povos com uma autêntica mobilização missionária, também com candidatos juveníssimos.

Dentre as figuras de santos salesianos, o que caracteriza a do Pe. Rinaldi é a nota da paternidade. Como Diretor, aos 33 anos, havia-se proposto: “Caridade e mansidão com os irmãos, suportando qualquer coisa que me possa acontecer”. Como Inspetor dirá: “Serei pai. Evitarei os modos ásperos. Quando vierem falar comigo, não darei mostras de estar cansado ou de ter pressa”.

Do Pe. Rinaldi, o P. Francésia, salesiano da primeira geração, dirá: “De Dom Bosco, só lhe falta a voz: o mais, ele o tem”.

Conheça abaixo 12 ensinamentos deste Beato Salesiano para edificar a sua alma e a sua caminhada na fé:

1 – “Ser santo, quer dizer: fazer a vontade de Deus… a vontade de Deus faz-se cumprindo perfeitamente o dever a todas as horas do dia.”

Leia também: O Método de educar de Dom Bosco

2 – “Saber meditar é uma grande ciência… uma ciência que conduz à perfeição.”

3 – “Perder a coragem diante dos próprios defeitos, é sinal de falta de confiança em Deus e muita confiança em si.”

4 – “O demônio pesca facilmente na perturbação, na agitação, no desencorajamento. Não percais a coragem. As nuvens escondem o esplendor do Sol, mas nem por isso o Sol desaparece. Brilha sempre mais depois da tempestade.”

Assista também: Um sonho de Dom Bosco…

5 – “A nossa união com Jesus Cristo só pode ser solidamente estabelecida sobre o fundamento de uma mortificação contínua. Temos de velar sobre os nossos sentidos e refreá-los. As mortificações do espírito são-nos trazidas pelas pessoas com que vivemos.”

6 – “As obras mais santas devem contar que serão contrariadas até por pessoas boas. Que nos importa a crítica dos homens, quando temos Deus pela nossa parte.”

7 – “Amar a Deus nas horas de alegria, não representa grande mérito; mas conserva-nos inteiramente ligados a Ele quando tudo conspira para nos afastar, eis o que revela verdadeira virtude.”

8 – “O fervor sensível é um dom gratuito que Deus pode fazer; em troca, devemos dar-lhe a nossa constância nas horas de secura e aridez.”

9 – “Só o homem perseverante possui verdadeira sabedoria e pode fazer-se santo.”ensinamentodossantos

10 – “O amor é nos dados por Deus para nos prender a Ele. Quanto mais amamos mais somos amados, mais podemos fazer bem… Mas tenhamos cuidado que não nos façamos amar por nós próprios. Devemos ser escadas que ajudem a subir para Deus.”

11 – “A mais bela homenagem que pode oferecer a Nosso Senhor uma alma que se lhe consagrou e que quereria a todos os momentos renovar esta consagração, consiste em ter de si apenas um fardo de misérias, de defeitos, de incapacidades e de faltas e lançar-se com um abandono total no Sagrado Coração de Jesus.”

12 – “Estou dia a dia mais convencido de que um só bem conta: amar a cruz e a Jesus vivo na Eucaristia.”

Referências:

http://www.missaosalesiana.org.br/salesianos-celebram-o-dia-do-beato-filipe-rinaldi/

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.