06/11 – São Leonardo de Noblac

06É um dos santos mais populares na Europa central. Diz de fato um estudioso que em sua honra foram erigidas nada menos que seiscentas Igrejas e Capelas, e seu nome se encontra frequentemente na toponomástica e no folclore. O mesmo estudioso acrescenta que ele “com especial devoção sacudiu a época das cruzadas e entre os devotos sobressaiu o príncipe Boemundo de Antioquia, que prisioneiro dos infiéis no ano 1100, atribuiu a sua libertação em 1103 ao santo, e voltando a Europa, doou ao santuário de São Leonardo de Noblac, como voto, corrente de prata, parecida com as que o amarraram durante sua    prisão”. São Leonardo de Noblac (ou de Limoges) é um santo descoberto no início do século XI, e é a esse período que remontam as primeiras biografias, bastante lendárias.

Com o seu costumeiro senso crítico, os balandistas declararam cheias de fábulas a vida de São Leonardo escrita pouco depois de 1030. É ainda dessa fonte, na verdade pouco genuína, que tiramos as notícias seguintes: Leonardo nasceu na Gália no tempo do imperador Anastácio, isto é, entre 491 a 518. Sendo seus pais, além de nobres, também amigos íntimos de Clóvis, o grande chefe dos francos. Tornando-se moço, Leonardo não quis seguir a carreira das armas e preferiu colocar-se no seguimento de São Remígio, que se tornara bispo de Reims.

Como São Remígio, aproveitando-se da sua amizade com o rei, tinha conseguido o privilégio de conceder a liberdade a todos os prisioneiros com os quais se encontrasse, também Leonardo pediu e obteve um poder análogo, que exerceu   frequentemente. O rei sentiu-se no direito de oferecer outra coisa, a dignidade episcopal. Mas Leonardo, que não aspirava a glórias humanas, preferiu retirar-se primeiro para junto de São Maximiano em Micy e depois para as proximidades de Limoges, bem no meio de uma floresta denominada Pavum.

Sua solidão foi interrompida um dia com a chegada de Clóvis que estava caçando junto com os seus seguidores. Com o rei estava até a rainha, que precisamente naquela ocasião começou a sentir dores de parto, As orações e os cuidados de são Leonardo propiciaram-lhe um feliz parto, e então o rei fez com Leonardo um pacto singular: dar-lhe-ia de presente, para edificar ali um mosteiro, todo o terreno que ele conseguisse percorrer montando num burro.

Outros Santos do mesmo dia: São Melaino, Santo Ituto, São Vinoco, São Demetriano, São Barlaão de Khutyn, Santa Beatriz de Olive Beata Cristina de Stommeln, Beata Joana Maria de Maillé, Beato Nuno, Beata Margarida de Lorena e Beata Lúcia Ludovica.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.